sábado, 21 de agosto de 2010

PERSONAL ESPIRITUAL TRAINER


É este o nome que costumo dar a meus adversários.
Seja o implicante, a debochada, o pretensioso, a invejosa...
São todos meus "personais" que treinam - personalizadamente - meu espírito.
E olha que a malhação é pesada: paciência, tolerância, empatia, perdão...
Minha nutrição espiritual não dispensa alta dosagem de suplementos alimentares: oração, rezas, preces.
A fé, em todos os momentos, dita o compasso: da caminhada à corrida.
Assim meu espírito se prepara, contando com a colaboração de muitos...
E - como servir é Lei - também estou aqui atuando como Personal Espiritual Trainer de muita gente por aí!!!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

AQUI


Não posso estar em minha casa, pretendendo mudar a situação Do outro lado do mundo. É, no mínimo, insólito. E nem precisamos ir tão longe... Quando olhamos a situação pelo lado de fora – aqui, mas como expectadores – vemos a hilaridade do nosso próprio comportamento.

A título de exemplo, me lembrei exatamente de um lugar em que estive encarnada. Desde pequena eu sonhava com aquele lugar; conservei sempre na memória o contraste de cores, a entrada do jardim, a alameda que terminava com vista para o mar...

Com nostalgia, chego ainda a sentir o cheiro do ar, das árvores, do mar... E não por acaso identifiquei esse local (foto), num domingo, na internet. Emocionada, chorando muito, percorri virtualmente aquela tão querida vila. E nela, meu amado jardim, onde fui tão feliz.

Passada a emoção, a hora da verdade: não fazia sentido ficar ali, porque as pessoas que eu amei não estão lá... Na verdade, as pessoas que amei estão dentro de mim e, principalmente, meu espírito está aqui.

A doutrina espírita ensina a máxima de que “a caridade começa em casa”. A primeira casa que conhecemos é nosso eu, nosso coração. Em seguida, a família. O lugar do outro é o aqui do outro. Cumpre ser grato com meu lugar e não invejar o lugar do outro. É difícil manter essa posição. E ir adiante representa desejar um lugar legal para os outros, mesmo para seus inimigos. Nada mais lógico: se todos tiverem lugares legais, você fatalmente estará cercado de gente feliz e será “tragado” pela felicidade.

Como sabiamente disse um poeta, nunca pomos nossa felicidade no lugar em que estamos. Aqui reside o erro. Minha felicidade está onde estão meu tesouro e meu coração. Foi minha escolha colocá-la aqui.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

UM BOM DETECTOR DE MENTIRAS


As palavras têm necessariamente que caber na boca de quem as profere. É fácil, assim, detectar a mentira. Não basta ao enganador dizer, sem acreditar. Jesus ensinou que “a boca fala daquilo que o coração está cheio”. Se a boca fala mentira...


Vem alguém me dizer, por exemplo, que uma amiga minha afirmou que eu sou preguiçosa. Bom... Fecho os olhos e imagino aquela pessoa falando isso... As palavras cabem? As palavras encaixam naquele rosto amigo? A energia dessa declaração se assemelha à energia do que costumo ouvir dessa pessoa? Se alguma das respostas a essas perguntas foi “não”, esqueça o comentário! E se pelo menos uma das respostas for “sim” está aí uma boa oportunidade de ajudar, pois essas duas pessoas precisam de ajuda. Tanto quem fala, quanto quem “carrega” a futrica. Paciência.

Difícil também lidar com pessoas que vivem para a grande mentira que é a ambição. Aceitá-las como tal, quando nos são caras, dói muito. Entretanto, o desejo recorrente e/ou insistente que temos para que elas sejam diferentes atrasa tanto o nosso desenvolvimento, quanto o delas. Repito: o material disponível é o EU. Posso apenas colaborar, sutilmente oferecendo um conselho, um apoio. E preciso evitar que meu desencanto me afaste da possibilidade de servir, de ser útil. Afinal, Nada mais conta, quando se começa a contar...

Cabe equilibrar autoestima e humildade: não ser abalado por nada, mas estar sempre aberto a aprender com tudo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...