domingo, 9 de janeiro de 2011

Atire o primeiro DVD...




Quanto tempo se passou, desde que o mundo é mundo!
Mas, fora a tecnologia, continuamos os mesmos.
Temos computadores, celulares, satélites. E os mesmos dilemas!
Problemas de viver - homens e mulheres - consigo mesmos. Problemas de viver em família e em comunidade.
Mais fácil nos declararmos perfeitos e colecionarmos pedras em defesa própria!
Assim era desde sempre.
Só uma coisa mudou: desde que o Cristo desafiou “atire a primeira pedra”, muitos outros objetos se prestaram, ao longo do tempo, ao papel de pedra.
Hoje, em Divino, desafio: “atire o primeiro DVD”!
Aquele que não tem culpa por debaixo do “rabo”...
Aquele que agradece a Deus porque pensamentos não têm som...
Aquele que ainda não varreu nenhuma sujeira de família para debaixo do tapete...
Aquele que é virtualmente perfeito...
Ou aquelas, também...
É humano o brincar, mas não o humilhar.
É humano comentar, mas não se aproveitar.
Existem ações e situações diabólicas.
Meu Deus!
Como quem guarda um retrato, um casal resolveu guardar uma imagem do quanto se amaram.
Talvez ainda se amassem, não fosse a invasão e difusão de sua intimidade!
A tecnologia – a serviço de pessoas vazias - está influenciando a moral, o comportamento, a arte e a vida!
Se Romeu e Julieta tivessem uma câmera a sua disposição, o que seria de Shakespeare, afinal?
Os suspiros românticos terão que sentido, no século futuro?
Quanto vale o show? Quanto custa o DVD?
Ainda bem que o tempo vai passar...
Os homens, entretanto, não serão muito diferentes.
Apesar de todos os esforços de religiões e de filosofias.
Se quiser mesmo ferir, não atire pedras, mas homens!


3 comentários:

  1. è isso Iza,a tecnologia, usada para o bem, mas também pra fazer o mal,como se fazer o mal fosse uma espécie de premiação para as cabecinhas doentes, de gente que não entende nada de
    'ser gente". Lindo dia pra você!

    ResponderExcluir
  2. MARIA DE FÁTIMA DAMASCENO21 de janeiro de 2011 23:03

    Ai Izaída, valeu!!! Encontrei uma cabecinha boa em Divino.
    Parabéns!!!
    Diga, quem de nós não faz a mesma coisa? Quem não faz, tem vontade, quem não tem vontade, não sabe, não entende e nunca entenderá o que é o AMOR EROS.
    A maioria não filma, mas faz e como faz até coisas piores, como por exemplo, não olhar o próprio "rabo" e olhar o da frente. COITADOS!!!!, mas uma vez P A R A B É N S!!!!
    e PARA VCS QUE VÃO LER E ME CRITICAR, CRITIQUEM, EU AMO SER DIFERENTE DOS HIPÓCRITAS


    BJS

    FÁTIMA DAMASCENO

    ResponderExcluir
  3. É essa mesma a linha... Quem é que atira? Todo mundo busca a felicidade, o prazer. Que hipocrisia é essa, né?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...